Friday, 10 April 2020
 
 
Como traduzir os textos de uma extensão do Firefox Print
Written by RodrigoBiker   
Saturday, 04 March 2006
Algumas vezes as extensões que traduzimos não têm uma pasta "locale", então temos que "fuçar" aqui e ali a procura de textos...
O que podemos fazer é criar uma pasta "locale" que será útil para tradutores e ajudará a difundir a extensão...
Vamos pegar a extensão anidisable by Harry Patsis como exemplo
Abra o arquivo anidisable.xpi
ouvrir1.png
com o Izarc ou o 7-Zip ...
2

A pasta chrome contém outra pasta compactada que também abriremos...
ouvrir2.png
3

Que azar! Não tem uma pasta "locale" dentro...
ouvrir3.png
4

Bem, então...
vamos criar uma!
cr�er un dossier locale
Clique com o botão direito em "Nova pasta" e renomeie
5

E dentro dela, colocaremos o seguinte:
Uma sub-pasta en-US (supondo que estamos fazendo uma tradução para o inglês) com os seguintes arquivos dentro:
- anidisable.dtd
- contents.rdf
contenu locale
Clique com o botão direito em "Novo(a) documento de texto" e renomeie

6

Agora vamos dar uma olhada no arquivo content/anidisable.xul, e procurar textos para traduzir. Esses serão os textos que serão exibidos para o usuário final.
Observação: devemos deixar a palavra "Anidisable" sem tradução, porque é recomendado deixar a extensão com seu nome original.
Abra com um editor de texto como o Pspad ou o Jedit

cha�nes � localiser

... Quais textos podemos traduzir? Clique aqui para algumas dicas

7

Esse é o passo mais importante!
Agora vamos substituir as mensagens entre aspas por:
& seguido por um nome de variável suficientemente explícito, terminando com um ;
cha�nes localis�es

8

Agora vamos até a pasta en-US, dentro da pasta "locale", no arquivo anidisable.dtd.

Com muito cuidado com a sintaxe (veja exemplo à direita), aqui vamos colocar os nomes de variável e sua tradução (neste caso, para o inglês).
transfert dans la locale

9

Vamos voltar ao arquivo anidisable.xul, e na segunda linha vamos adicionar esta linha que diz para a extensão o endereço exato onde encontrar os elementos traduzidos...
ligne de doctype

10

Repetimos a operação - substituição de variáveis - para os textos no arquivo:
anidisablesettings.xul
seguindo os passos
7 8 9
encoder en utf8
...e não esqueça da codificação UTF-8!

11

Veja abaixo o que escrever no arquivo locale/ contents.rdf.
É a mesma coisa para qualquer extensão, exceto é claro pelo próprio nome da extensão.
Para poupar-se do sacrifício de escrever tudo, você pode simplesmente copiar e colar deste arquivo texto....
contents
12

Outro ponto importante: se desejarmos que a extensão leve em conta nossa pasta "locale", precisamos indicar o endereço bem no início e adicionar essa linha amarela no arquivo
install.rdf.
ligne de locale
Pronto! Agora é só fazer o seguinte:

  • recompactar e obter um novo arquivo .xpi
  • testar se a extensão está funcionando corretamente
  • enviar ao autor sua proposta de tradução para a extensão.
 
 
 
 
* Se você quiser treinar e comparar, veja a versão original / versão traduzida do anidisable.
Nesta última versão, A descrição inicial também está traduzida: veja como fazer isso aqui .
E se você deseja traduzir textos incluídos em um arquivo javascript (*.js), aqui está.


Quais textos podemos traduzir?
Aqueles que seguem essas tags:
  • "label"
  • "title"
  • "tooltip"
  • "value"
  • "accesskey"
mon avatar

Document fait avec Nvu
Last Updated ( Sunday, 05 March 2006 )
 
 
Top! Top!